O QUE É
BIOCERÂMICA
MIG3® INVEL®

Desenvolvido por cientistas japoneses, a poderosa Biocerâmica MIG3® (Mineral Inorgânico Goen3®) é um composto ativo formado por Óxido de Magnésio, Silicia e elementos cerâmicos, em contato com a pele produz um efeito fotoquímico (BIOESTIMULAÇÃO), produz Óxido Nítrico [3] promovendo a vasodilatação e melhorando a microcirculação sanguínea.

O aumento da perfusão sanguínea promove respostas regionais reduzindo o tempo para início do sono.

Invel® Recharge

COMO FUNCIONA

ENTENDA A INSÔNIA

EFICÁCIA,
SEGURANÇA E QUALIDADE

A ANVISA, Ministério da Saúde reconheceu a eficácia, segurança e qualidade da Invel Actiive Shorts ANTICELULITE na redução da CELULITE graus II e III.

O resultado depende do metabolismo de cada pessoa.
Ao persistirem os sintomas o médico deverá ser consultado.

SERIEDADE E
COMPROMISSO
INVEL®

PRÊMIOS INVEL®

PRÊMIO DE MELHOR TECNOLOGIA DO INFRAVERMELHO DO JAPÃO 2016

Japan Far Infrared Associations 

invel_premios_trofeu_exporta

PRÊMIO EXPORTA
SÃO PAULO 2008

Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento do Estado de São Paulo.

COMPRA
SEGURA

Não precisa se preocupar aqui seus dados estão 100% seguros
  • Dados pessoais sigilosos
    e não são compartilhados
  • Dados financeiro
    secretos e protegidos
  • Site 100% SEGURO
    autenticado
    por empresas de segurança
  • Entrega garantida no prazo e politica de troca.

#INVEL
BOMBANDO NAS REDES SOCIAIS

Compartilhe sua foto usando a #invelanticelulite

PERGUNTAS FREQUENTES

SOBRE A INVEL ACTIIVE SHORTS

1 – A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) FUNCIONA MESMO?

Sim. A INVEL® ACTIIVE SHORTS ANTICELULITE é usada por milhões de mulheres no Brasil, USA e no Japão.
Os resultados obtidos com a utilização desse produto foram comprovados em testes clínicos realizados pelo Instituto Invel® de Tecnologia e Pesquisa do (IITP®) feito em parceria com o centro de pesquisa Statpharm Assessoria Científica. É um recurso prático e seguro para ajudar as mulheres a lidar no dia a dia com a melhora da circulação na área das pernas e bumbum, tratando da celulite. O produto possui registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), do Ministério da Saúde.

2 – COMO O PRODUTO FUNCIONA?

Todos os produtos Invel® são incorporados com o exclusivo composto ativo MIG3®, um mineral inorgânico que melhora a microcirculação e o fluxo sanguíneo local. Esse estímulo traz outros benefícios que são percebidos pelo usuário de acordo com o tempo em que o produto está sendo utilizado e com a parte do corpo em que ele está atuando. O benefício ocorre através do uso correto do produto. A recomendação é utilizar a peça durante 60 dias consecutivos por 8 horas diárias.

3 – A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) DIMINUI MESMO A CELULITE?

Sim, ela ajuda a tratar a celulite de graus I, II e III. Mas a celulite é recorrente, por isso, depende dos bons hábitos alimentares, e conforme o metabolismo de cada mulher, responderá com maior ou menor intensidade de melhora.

4 – POR QUANTO TEMPO DEVE-SE USAR A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) PARA OBTER RESULTADOS?

8 horas diárias de uso durante 60 dias, dormindo, trabalhando, fazendo ginástica, não existe restrição.

5 – PARA OBTER RESULTADO, É PRECISO USAR A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) SEM CALCINHA?

Não é necessário.

6 – HOMENS PODEM USAR?

A Invel® Actiive Shorts é contraindicada para homens, uma vez que não realizados estudos com essa população.

7 – INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) PODE SER USADA POR CRIANÇA?

Não há restrição de idade, porém recomenda-se que os produtos Invel® sejam usados a partir de 14 anos. Os estudos clínicos realizados com esse produto só foram feitos com adultos.

8 – O TECIDO DA INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) É O MESMO DOS OUTROS PRODUTOS INVEL®?

Não. São tecidos com composições diferentes na organização, quantidade e concentração de componentes.

9 – COMO LAVAR OS PRODUTOS INVEL® E A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)?

Os produtos Invel® devem ser lavados somente com água fria e sabão neutro. Não é recomendado usar alvejantes ou removedores de manchas. Eles também não devem ser lavados a secos, nem passados a ferro.

10 – POSSO USAR A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE) PARA FAZER GINÁSTICA OU PARA DORMIR?

Sim. Vale lembrar que o uso na ginástica não descarta a indicação de utilizar o produto por 8 horas consecutivas por dia durante 60 dias para obter resultados.

11 – QUANTO A CELULITE MELHORA?

Estudos clínicos demonstraram uma melhora média de 19% no aspecto clínico da celulite (lipodistrofia ginóide) grau II e III, de acordo com escala Curri e a melhora da aparência da pele em 65% (Journal of Drugs of Dermatology)

12 – EXISTEM CONTRAINDICAÇÕES PARA USO DA INVEL®ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)?

Sim. O produto é contra indicado para: mulheres grávidas ou lactantes; com suspeita ou confirmação de processo infeccioso e/ou inflamatório na região de uso do produto; apresentem dano ou lesão de nervos na região de uso do produto; que apresentem edema na região dos quadris, pernas ou pés; que tenham histórico de diabetes, insuficiência cardíaca, urticária; que apresentem distúrbios de tireóide ou hipertensão não controlados; que se exponham freqüentemente aos raios ultra-violeta ou usem loções e sprays para bronzeamento.

13 – POR QUE HÁ RESULTADOS DIFERENTES DE PESSOA PARA PESSOA?

Cada pessoa tem metabolismo e hábitos diferentes. Pessoas com hábitos inadequados poderão obter resultados menos satisfatórios do que aquelas que têm hábitos saudáveis.

14 – É NORMAL URINAR MAIS QUANDO USO A INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)?

Sim, muitas usuárias relatam que se sentem mais desinchadas, urinando mais.

15 - O QUE EU SENTIREI COM O USO DA INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)? ELA ESQUENTA?

A sensação térmica é diferentemente percebida. Algumas pessoas relatam que sim, outras sentem que as extremidades ficam mais aquecidas, outras não sentem nada.

16 – QUAIS OS EFEITOS ADVERSOS QUE PODERÃO OCORRER COM O USO DA INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)?

Com a utilização desse produto, poderão ocorrer reações ocasionais como prurido (leve a moderado), pinicação leve, ardência local leve, e, em raros casos, dor na região da panturrilha. Se esses eventos e sintomas persistirem, o uso deve ser descontinuado.

17 – QUAL É A COMPOSIÇÃO DA INVEL® ACTIIVE SHORTS (ANTICELULITE)?

A Invel®Actiive Shorts é confeccionada com tecido composto por poliamida (90%), elastano (10%) e aditivos de acabamento.

18 – A TECNOLOGIA DESAPARECE COM O USO?

Uma vez incorporada ao tecido, a Tecnologia MIG3® não perde suas características. Por se tratar de uma peça de vestuário, o produto poderá estar danificado por tempo de uso, mas testes realizados demonstraram a eficácia da Tecnologia MIG3® até 104 lavagens, tempo superior da duração média de uma peça de vestuário.

COMPRE AQUI

 WHATSAPP: 11 98768-0244
TELEVENDAS: 11 5077-7144

INFORMAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DA SAÚDE

ESTUDO CLÍNICO RANDOMIZADO, DUPLO-CEGO, DE AVALIAÇÃO DA MELHORA DA LIPODISTROFIA GINÓIDE (CELULITE) COM O USO DA BERMUDA INVEL® ACTIIVE SHORTS COM TECNOLOGIA INVEL®.

 Regina Mayumi Doi da L.A.L. Clínica Pesquisa e Desenvolvimento Ltda.; Marcos Leal Brioschi da InfraRedMed – Diagnóstico por Infravermelho; Cicília Yuko Wada da Statpharm Assessoria Científica.

Introdução: A Lipodistrofia ginoide (LDG) é um complexo de alterações no tecido adiposo, resultando em macronódulos na superfície cutânea. Configura-se como importante fator relacionado à estética e à autoestima feminina, o que torna relevante a busca de métodos de tratamento eficazes e seguros. Acomete entre 85 e 98% das mulheres após a puberdade(1) e é caracterizada por alteração na topografia cutânea, causando pequenas depressões na pele, cuja aparência torna-se semelhante à casca de laranja. A escala de Curri, a mais utilizada, classifica o grau da lipodistrofia em quatro graus evolutivos divididos por sua intensidade de acometimento(2). Grau I: Assintomático, não se observam alterações clínicas. Grau II: Palidez, hipotermia, diminuição da elasticidade, sem alterações do relevo em repouso, que surgem, porém, com a compressão da pele ou contração muscular. Grau III: Pele acolchoada e/ou com aspecto de casca de laranja à inspeção estática; sensação palpatória de finas granulações nos planos profundos; dor à palpação, diminuição da elasticidade; palidez e redução na temperatura da pele. Grau IV: Características do III e presença de nódulos palpáveis, visíveis e dolorosos: aderência a planos profundos; grandes ondulações na superfície.

OBJETIVOS: Objetivo primário: – Avaliar a melhora clínica das áreas acometidas com a Lipodistrofia Ginoide (celulite) por meio de parâmetros clínicos (exame físico) e laboratoriais (avaliação da elasticidade). Objetivo secundário: – Avaliar, com auxílio da Termografia Infravermelha, a evolução da microcirculação periférica no local acometido pela Lipodistrofia Ginoide. – Avaliar a segurança no uso do produto.

METODOLOGIA: Realizado estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, unicêntrico nacional, incluindo uma amostra de 151 voluntários portadores de Lipodistrofia Ginoide (celulite) de grau III em pelo menos uma das áreas avaliadas, no período de abril a junho de 2009. Produto investigacional: Invel® Actiive Shorts (anticelulite). Metodologia: A Invel® Actiive Shorts (anticelulite) assim como a Bermuda placebo foram utilizadas por um período de 60 dias, por, no mínimo, oito horas consecutivas. As avaliações de seguimento foram realizadas aos 30 (primeira visita) e 60 (segunda visita) dias. Forma de avaliação: (a) A escala de Curri: Classificação visual da lipodistrofia; (b) MPA580 Customer®: Elasticidade da pele; (c) A termografia infravermelha na cosmiatria e na avaliação dos procedimentos em medicina estética constitui outro método, embora não seja um fenômeno recente; (d) A segurança do produto foi mensurada pela proporção de pacientes que não apresentaram eventos adversos, sérios ou não, relacionados ao uso do produto.

RESULTADOS. Grau de Celulite: Diferenças significantes nas proporções de melhoras dos graus de celulite II e III da escala de Curri entre Invel® Actiive Shorts (anticelulite) e Placebo na Nádega no tempo de 30 dias, nos testes da diferença (p=0,01623) e da razão (p=0,00644). A estimativa do risco relativo na melhora do grau de celulite no tempo de 30 dias na Nádega foi de RR=2,107, o que indica que o tratamento com a Biocerâmica® é superior 111% ao placebo. Elasticidade: Houve efeito significante de tempo na elasticidade em todos os locais e lados ao nível de significância de 5%. Termografia: Os efeitos do tempo foram significantes em todos os locais estudados, isto é, as medias das temperaturas nos três tempos diferem de modo significativo, ao nível de 5%. Segurança: Nenhum evento clinicamente significante foi verificado na população estudada. Maior irrigação tecidual, diminuição da área de menor irrigação, aumento de perfusão de forma homogênea: Controle. Invel® Actiive Shorts.

CONCLUSÃO: Com a utilização da Invel® Actiive Shorts (anticelulite) por 8 horas diárias de uso, durante 60 dias, o presente estudo demonstrou uma melhora média de 19% no aspecto clínico da celulite (lipodistofia ginoide) grau II e III de acordo com a escala de Curri. A Invel® Actiive Shorts (anticelulite) com tecnologia Invel® não causou irritação e/ou sensibilização nos sujeitos da pesquisa, o que demonstra que é um produto seguro para uso nas condições em que foram testadas. A ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Ministério da Saúde, reconheceu a eficácia e a segurança desse produto e deferiu em 31 de janeiro de 2011 o registro ANVISA/MS N°80104760003.

REFERÊNCIAS:

1. Avram MM. Cellulite: a review of its physiology and treatment. J. Cosmet Laser Ther 2004; 6:181-185;

2. Curri SB. Las paniculopatias de estrias venosas: diagnóstico clínico e instrumental. Barcelona: Hausmann, 1991, p. 211.

3. FURCHGOTT, R. F. Endothelium-derived relaxing factor: discovery, early studies, and identification as nitric oxide. Biosci. Rep. v19, n.4, p. 235-251, Aug 1999.

4. IGNARRO, L. J.; BUGA, G. M.; WOOD, K. S.; BYRNS, R. E.; CHAUDHURI, G. Endothelium-derived relaxing factor produced and released from artery and vein is nitric oxide. Proc. Natl. Acad. Sci. USA. v.84, n.24, p.9265-9269, Dec 1987.

5. TSIKAS, D. Methods of quantitative analysis of the nitric oxide metabolites nitrite and nitrate in human biological fluids. Free Radic. Res. V.38, n.8, p.797-815, 2005.