Jogos Pan-Americanos Lima 2019 – Brasil conquista ouro e recorde no revezamento masculino da natação

O Brasil é presença certa em finais de grandes competições e tem caminho traçado para aspirar ao pódio nas Olimpíadas de 2020.

A natação brasileira realmente não decepcionou. No primeiro dia de provas da modalidade no Pan de Lima-2019, os nadadores conquistaram três ouros e seis pódios no total para levar a delegação nacional de volta à segunda colocação no quadro de medalhas. A conquista mais aguardada foi a do revezamento 4x100m livre masculino, na qual o país chegou ao hexacampeonato. 

Brasil é hexa do revezamento 4x100m livre com recorde pan-americano

O Brasil manteve a hegemonia e é hexacampeão do revezamento 4x100m livre de natação masculino pelo Pan. Já invadindo a madrugada de hoje (07/08/2019), a equipe formada por Breno Correia, Marcelo Chierighini, Bruno Fratus e Pedro Spajari foi soberana, bateu o recorde pan-americano com 3min12s61 e garantiu a terceira medalha de ouro da natação em Lima-2019. Desde Winnipeg-1999, só o Brasil vence essa prova. O quarteto foi o único a estabelecer recorde pan-americano no dia na modalidade. Estados Unidos foram prata (3min14s94) e o bronze ficou com o México (3min17s70).

O tempo conseguido em Lima, mantém o Brasil como sexto melhor time do mundo, posição alcançada no Mundial de Gwangju no mês passado com uma marca um pouco mais baixa de 3m11s99. 

João Gomes conquista medalha de ouro nos 100m peito masculino da natação

João Gomes conquistou a primeira medalha de ouro da natação do Brasil no Pan-2019. O brasileiro completou a prova dos 100m peito, na noite de hoje (6), em 59s51. Os norte-americanos Cody Miller, com 59s57, e Kevin Cordes, 1min00s27, completaram o pódio. Felipe Lima, por sua vez, ficou sem medalha. Ele, que era o segundo brasileiro da prova, ficou com a quarta colocação, com 1min00s38.

Jhennifer Conceição fica na quinta colocação nos 100m peito feminino

A brasileira Jhennifer Conceição, terminou na quinta colocação nos 100m peito do Pan-2019. Ela completou a prova em 1mins08s00. A grande vencedora da categoria na noite de hoje (06/08,2019) em Lima, foi a norte-americana Anne Lazor, com 1min06s94. A argentina Julia Sebastian, ficou com a prata (1min07s09), enquanto a canadense Faith Knelson foi bronze (1m07s42).

Fonte: www.globoesporte.globo.com; www.esporte.uol.com.br


Os medalhistas usam INVEL RECOVERY!

A Invel é pioneira em produtos tecnológicos de alta qualidade. Seus produtos possuem incorporado em seu tecido a tecnologia Biocerâmica® MIG3®,  que irradia ondas de infravermelho no comprimento de 3 a 14,8 µm, benéfico à saúde. As ondas benéficas do MIG3® estimulam nas células a produção de ÓXIDO NÍTRICO (NO), que aumenta o calibre dos vasos, melhorando assim a microcirculação sanguínea, trazendo diversos benefícios à saúde, como o relaxamento muscular, alívio da dor e a recuperação.

Com diversos estudos clínicos realizados em faculdades de medicina de grande expressão no Brasil e no Japão, os tecidos com Biocerâmica® MIG3® INVEL são registrados pela ANVISA-MS (Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde).

Atletas de alta performance como os nadadores de alta performance, João Gomes, Breno Correia, Marcelo Chierighini, Pedro Spajari e Jhennifer Conceição, utilizam e aprovam os benefícios que os produtos Invel proporcionam à saúde e a recuperação.

Com Invel você chega mais Longe! Acesse o site www.loja.invel.com.br e saiba mais sobre essa tecnologia.