OS BENEFÍCIOS APRESENTADOS SÃO VALORES MÉDIOS OBTIDOS ATRAVÉS DE ESTUDOS CIENTÍFICOS E APROVADOS PELA ANVISA, CONTUDO, O RESULTADO DEPENDE DO METABOLISMO DE CADA PESSOA E PODE APRESENTAR VARIAÇÕES.
Televendas: 11 5077-7144   |   : 11 98768-0244
Televendas: 11 5077-7144   |   : 11 98768-0244

Como tratar e prevenir as varizes

As terríveis varizes incomodam homens e mulheres, mas você sabe o que pode causar esse desconforto? Entenda a doença e saiba como prevenir.

Falar de varizes é tratar de um fantasma que assombra homens e mulheres, especialmente por seus efeitos estéticos. Mas esses vasinhos dilatados, salientes e muitas vezes visíveis constituem uma doença importante, principalmente por sua elevada frequência: cerca de 20% da população mundial adulta é portadora de algum grau do chamado déficit circulatório periférico, que pode atingir 60% das pessoas acima de 60 anos. De acordo com o angiologista Nilo Izukawa, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, varizes são mais comuns na mulher, na proporção de três para cada homem, comprometendo geralmente as duas pernas. A palavra variz, aliás, se origina do latim: varix, que significa serpente. Varizes são veias dilatadas, alongadas e tortuosas que comprometem a estética, mas também o funcionamento das pernas. Geralmente têm coloração púrpuro-azulada, surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço. As varizes, como explica Izukawa, podem ser decorrentes de alterações na composição das paredes das veias, tornando-as mais flácidas e dilatadas, ou por defeitos nas válvulas dessas veias que promovem uma pressão venosa aumentada pelo refluxo do sangue.

Sintomas

Dor, sensação de peso ou cansaço e desconforto nas pernas são os sintomas mais frequentes
Inchaço nas pernas e nos pés
Câimbras noturnas
Queimação e coceira

Origem genética
Os vasos salientes, que por vezes incham e doem bastante no final de um dia estafante, surgem por vários motivos, mas há um ponto em comum entre os chamados varicosos. Geralmente essas alterações têm origem genética, ou seja, aparecem também na mãe, no pai ou em ambos. Logo, pessoas com antecedentes familiares para varizes são mais predispostas ao desenvolvimento da doença, assim como aqueles que trabalham muito tempo em pé ou sentados. “Mulheres que desenvolvem atividades físicas constantes com muito esforço físico (musculação) também entram no grupo de risco”, alerta o angiologista. Entre elas, o uso de anticoncepcionais orais e a terapia de reposição hormonal também favorecem o desenvolvimento de varizes porque os hormônios presentes nos medicamentos podem afetar desfavoravelmente a circulação.

Continue lendo no Revista Viva Saúde>>

Por: Leticia Maciel
Fonte: Revista Viva Saúde

Curta nossa Fanpage!

Produtos Invel agora nos catálogos da Àkora
5 de outubro de 2017
invel-recharge-colchonete-dormir-melhor
Invel® Recharge é destaque em andar temático do Nikkey Palace Hotel
17 de agosto de 2017
Roupas inteligentes que aliviam dores
12 de Maio de 2017
“O Incrível tecido que cura”
13 de Maio de 2016
Palestra Meditação e Relaxamento – Despertar e Descansar
12 de Abril de 2016
XXI Curso Introdutório à Liga de Dor
8 de Abril de 2016

Assessoria de Imprensa

Telefone:(11) 4727-4755 ou (11) 4255-1608