Dia 07/abr/15 saiu no site Belezinha uma matéria sobre os produtos Invel® com participação especial da Dr. Carla Taba, CEO da Invel®.

Roupas contra celulite

 

Confira.

Expert | Roupas contra celulite e insônia? Existe e funciona!

07/abr/15 | Faz quase seis meses que eu ando testando uma daquelas coisas que a gente acha impossível de funcionar na vida real: roupas e acessórios que prometem tratar da pele e resolver problemas como dores localizadas e até (pasmem!) celulite.

Parece bom demais para ser verdade, né? Claro, nada faz milagre sozinho, mas que dá uma super força, dá! Quem me apresentou essa tecnologia foi a Carla Taba, que comanda a Invel. Conheci a marca em 2007 ou 2008, não lembro bem, quando testei um tratamento estético deles. Era uma câmara de raios infravermelhos bem potente. Você deitava nela, ficava com o pescoço para fora e depois de uns 20 minutos estava derretendo de calor e, consequentemente, queimando aquela gordura localizada e fazendo a circulação funcionar.

Foi nessa época que os fundadores da empresa sacaram que a biocerâmica que revestia a parte interna dessa máquina poderia ser aplicada nas mais diversas superfícies. Os tecidos que a gente veste são só um exemplo delas.

No fim do ano passado, eu encontrei o time da Invel e não só fiz centenas de perguntas de quem é totalmente ignorante no assunto como também vi de perto pesquisas feitas pelas universidades mais legais do mundo que se interessam pela tecnologia japonesa quase 100% produzida no Brasil.

A coisa funciona da seguinte forma: essa biocerâmica produzida pela Invel é colocada na trama de tecidos. Em contato com o corpo, ela é aquecida e irradia raios infravermelhos longos, que estimulam a circulação sanguínea. Dependendo da forma que esse tecido é tramado, ele pode gerar os mais diversos efeitos no corpo. Por exemplo, as leggings e bermudas mais justinhas ajudam a combater a celulite, já uma echarpe soltinha relaxa a tensão dos ombros, em um travesseiro, te ajuda a pegar no sono mais rápido. “Funciona como um comprimido de aspirina”, explica Carla. “O mesmo princípio ativo é eficaz para dores de cabeça, mas em dosagens específicas, também tira dores do corpo ou é usada em tratamentos contra hipertensão.”

A Invel ainda tem uma gama incrível de produtos terapêuticos, para quem realmente sofre de dores na coluna ou nas pernas, por exemplo, ou está se recuperando de uma cirurgia e precisa estimular a cicatrização de uma determinada região. A minha mãe, uma das cobaias, testou uma luvinha no braço que tem tendinite e confirma que a dor melhorou demais. Agora mantém o acessório na gaveta ao lado do computador, para quando uma crise chega.

Nos últimos meses, testei uma palmilha aparentemente banal, de EVA, que você mesma recorta do tamanho do seu pé e coloca nos seus calçados favoritos. Sempre fico inchada ou sinto uma dorzinha chata no canto externo o pé esquerdo, não é nada demais, só o jeito que eu piso, mas ela desapareceu! “Antes do lançamento, testamos as palmilhas em 750 guardas municipais da cidade de Guarulhos, em São Paulo, e ela virou uma ferramenta importante para alívio de dor e melhora da qualidade de vida desses profissionais que chegam a carregar até oito quilos de uniforme e instrumentos de trabalho no dia a dia”, contou Carla.

Mas a gente queria mesmo era saber como a tal bermuda anticelulite (um dos best-sellers no Brasil) funciona! “Com tantos excessos do mundo moderno, muitas vezes o organismo não metaboliza o stress, a gordura de tantos alimentos e açúcares que consumimos. A bermuda ajuda nesta “limpeza” que o corpo precisa. É claro que sozinha ela não pode fazer toda a mágica, é preciso fazer ginástica e ter hábitos de vida saudáveis”, diz Carla. “De toda forma, num estudo com 151 mulheres a redução real da celulite de graus II e III foi de 65%, sem que as mulheres alterassem o seu hábito de vida. Mas, isso não significa que, usando a bermuda, vale comer e beber o que quiser. Tem que colaborar!”

Agora que o clima está mais ameno prometo testar com afinco e voltar pra contar! Quem mais topa”

Fonte: belezinha.virgula.uol.com.br/